Por amor ou por besteira?


23/03/2010


Ainda naquela linha de cartas que poderíamos mandar, onde comecei no post "Recomendações", fiz hoje uma carta que poderia ser entregue àquele ex namorado (ou até namorada) que fudeu com a nossa vida, ou não, mas que nutrimos ainda aquela raiva. Espero que gostem!

 

" Caro ex,

Embora querendo ser sutil, devo lhe dizer que não poderia haver um filho da puta maior na minha vida que você; E digo-lhe isso com todo o apreço e respeito, que apesar de pouco, foi o que sobrou depois de toda a merda e caos que trouxeste para a minha pessoa. Sinceramente, antes não o tivesse conhecido.

Logo eu, uma pessoa que costuma tirar os maiores aprendizados das minhas derrotas (sendo uma delas esse nosso “ex-relacionamento”), admito perante vós que perdi muito mais do que ganhei nessa porra. E continuando na linha da minha sinceridade, se eu pudesse lhe pediria muita coisa de volta. Como por exemplo, o que? Pois vamos lá: aquele chaveiro que eu comprei no shopping ao lembrar de você, o livro da Agatha Christie que eu amava mas acabei te dando, o tempo que eu perdi fazendo aquelas porcarias de cartas, meus beijos e abraços sinceros, meu companheirismo e compreensão, minha preocupação com o teu bem estar que você nunca deu valor, minhas noites de insônia, meus nervos e por ai vai.

Mas de tudo não me sinto uma guerreira derrotada, uma vez que deixei de ter pena de mim por estar sem você, e passei a ter pena de você por estar sem mim; E como diria aquela velha canção, “depois de você os outros são... BEM melhores, loser!!”. Opa, não é isso que diz a música? Que se foda então.

A verdade é que a tua capacidade de mentir, persuadir e iludir ainda são o que alimenta esse ódio incessante dentro de mim, e eis que entendo agora o porquê de dizerem que amor e ódio andam tão juntos.

Acredita que por causa de ti, amigas minhas me julgam errado? Pensam elas que demonstro essa casca grossa por fora, mas por dentro me desfaço em lágrimas ao lembrar de nós. Ledo engano pois mal sabem elas que eu não me importaria nem um pouco se você explodisse nesse momento. Ao menos você sabe disso, não é benzinho? Que eu REALMENTE não me importo mais com você, e que na verdade, quanto mais infeliz, melhor. (Não é? Haha)

Só não me venha mais com esse papinho de amor-te-quero-de-volta, ou pedindo pra sermos amigos, porque eu cansei de dar sinais e agora vou te dizer com todas as letras: Sério cara, não vai rolar.

O que me enlouquece é essa tua surpresa ao ler essa carta, e essa pergunta doida que eu não sei de onde tirou. Disse-me assim:

- “E pra onde foi todo aquele amor?

Isso tudo é amor, meu querido, muito muito amor. Não o conhece? Chama-se AMOR-PRÓPRIO.

 

Beijosnãomeliguenuncamais :* ”

 

ps: beijos pro Pedro (irmão da Andressa), pro Bozie ♥, pra Gabby que tá lendo meu blog pela primeira vez e pras minhas amigas que tão me matando de saudades, hihi

:*

Escrito por Juuh Lee :* às 20h46
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Histórico